QUEM SOMOS?

Saiba mais sobre nós

QUEM SOMOS?

Saiba mais sobre nós

O Programa de Apoio para Desenvolvimento dos países africanos de língua oficial portuguesa (PADPALOP) é uma rede multidisciplinar, interdisciplinar e transdisciplinar de profissionais, pesquisadores, acadêmicos e estudantes em todo o mundo, ativos nos vários campos de energia sustentável, mudanças climáticas e agricultura. Através de várias iniciativas, o PADPALOP procura:

Apoiar estudantes de universidades nos países africanos de língua oficial portuguesa (PALOP) interessadas em conduzir pesquisas sobre vários tópicos de energia sustentável, mudanças climáticas e agricultura em suas disciplinas;

Promover capacitação dos pesquisadores das universidades dos PALOP através intercâmbio entre pesquisadores africanos e pesquisadores de diversas instituições internacional;

Conduzir programas de esclarecimento e mediação;

Apoiar pesquisadores de todo o mundo interessados em realizar pesquisas sobre vários tópicos de energia sustentável, mudanças climáticas e agricultura nos países africanos de língua oficial portuguesa (PALOP);

Facilitar programas de desenvolvimento de capacidade e reuniões técnicas sobre energia sustentável, mudanças climáticas e agricultura;

Desenvolver e implementar projetos com o objetivo de aumentar a eletrificação e mitigar a fome e a seca nos PALOPs.

Viabilizar projetos tecnológicos originários de ideias inovadoras, através de apoio sistêmico, com foco na geração de emprego e renda.

Missão

Apoiar estudantes de universidades nos países africanos de língua oficial portuguesa (PALOP) interessadas em conduzir pesquisas sobre vários tópicos de energia sustentável, mudanças climáticas e agricultura em suas disciplinas;

Visão

Ser referência em pesquisa e serviços de consultoria rural em energia e agricultura, promovendo soberania e segurança alimentar além da democratização do acesso à energia nos PALOP.

Valores

  • Profissionalismo
  • Integração
  • Diversidade Humana e Cultural
  • Desenvolvimento Sustentável

Objectivos

Promover a sustentabilidade socioambiental dos PALOP, através de iniciativas colaborativas de estudantes, profissionais e pesquisadores em questões relacionadas à energia, clima e agricultura. Tendo por finalidade o fortalecimento dos direitos humanos, propondo modelos alternativos de desenvolvimento por meio de práticas inovadoras e participação popular.